Image Map
Além de Palavras, Sentimentos: Amor, eterno amor

Amor, eterno amor

E o verão está se despedindo, sendo fechado pelas águas de março. Eu particularmente gosto muito mais do outono e do inverno. Não gosto de sentir calor. Friozinho é muito melhor. E minha esposinha também acha! Eu tô doido pra esse calorzão passar de vez e a nevasca chegar. Não, não neva em Campos, mas campista é um bicho muito friorento. Não pode cair uma garoinha de chuva que nego já tá todo encapotado, blusa de moleton e tudo mais. Povinho esquisito, esse meu.

Chega de papinho, clica no linquezinho!



No meu post da semana passada eu falei sobre o milagre doido de Deus, o grande Deus, se transformando em homem, um simples homem. E disse que essa transformação tinha tudo a ver com amor. Pois é, amor. Essa palavrinha que muita gente acha que conhece mais que anda tão fora de moda hoje em dia. Todo mundo fala que ama, todo mundo canta músicas de amor, as novelas sempre estão contando histórias de amor. Com tanto amor pra lá e pra cá, era pro nosso mundo ser um pouquinho melhor, vocês não acham?

Foi sabendo disso que Deus resolveu vir morar aqui no meio dos humanos pra nos ensinar o que é amor de verdade. E já chegou dando uma bela mostra do que é amar: deixou toda a maravilha e a glória que é morar no céu (eu nunca fui lá, mas deve ser incrível) e veio viver no nosso pequeno, humilde e injusto mundo, no meio de gente perversa e interesseira. Ficou aqui na Terra por 33 ou 34 anos (isso é apenas uma suposição) e ensinou muitas coisas bonitas, estendeu a mão há muita gente que precisava, se envolveu com pessoas que eram desprezadas por todo mundo. Jesus foi, exatamente por isso, alvo de muito preconceito, porque ele se misturava com ladrões, prostitutas, doentes, sempre dando carinho e atenção a todos.

Se ele ficasse só nisso, já estava ótimo! Aliás, é por esse jeito diferente dele que Jesus é lembrado até hoje como grande mestre, alma iluminada e tudo mais. Mas Jesus fez mais, foi além do qualquer pessoa poderia sequer imaginar. Ele tinha uma missão muito especial, bolada na mente de Deus antes do próprio tempo existir. Jesus morreu.

Ah, grande novidade, descobri a pólvora! Todo mundo sabe que Jesus morreu. Mas até hoje muita gente não entende o motivo de isso ter acontecido. E é aí que mora a maior lição de amor que alguém poderia dar. Deus, lá na eternidade, antes de tudo, já sabia que nós, seres humanos, iríamos pecar, sair da linha, pisar fora da faixa, vacilar feio. O problema é que Deus é santo, muito santo, trissanto! E, por ser, assim, não se mistura com pecado. É como água e óleo. O pecado afastaria os homens de Deus eternamente.

Mas Deus não podia deixar isso assim. Ele não suportaria ter que passar toda a eternidade longe dos seus filhos que ele tanto ama. E era capaz de fazer qualquer coisa pra desfazer essa pataquada. E pra isso, só havia um jeito.

Como Deus é a fonte de toda a vida e o pecado nos afasta de Deus, a consequência de termos pecado é morrer. Nada pode reverter isso, é a consequência natural do erro. Todos nós estávamos condenados à morte. Mas Deus não queria que nenhum de nós morresse. Mas também não podia simplesmente ignorar nosso pecado, porque ele é santo e não se envolve com pecado. Se havia pecado, alguém tinha que morrer. Então Deus decide: "os humanos não vão morrer; eu vou morrer no lugar deles".

E foi isso que Jesus fez. Viveu aqui sem cometer nenhum pecado e morreu como pena pelos pecados de toda a humanidade, passado, presente e futuro. E os pecados foram perdoados. Pra receber esse perdão que Jesus conquistou dando a própria vida, basta acreditar que tudo isso que eu falei aqui é verdade. Acreditar de todo o coração que Deus amou a nós todos de uma forma tão incrível que entregou seu único Filho, Jesus, pra morrer em nosso lugar e, com essa morte, tornar possível que todo aquele que crer em Jesus não perecer, mas ganhar de graça a vida eterna.

Você crê?

4 comentários :

  1. Eu creio e acredito em tudo que falou e claro e Deus em primeiro lugar . Ah, você também mora em Campos dos Goytacazes? ^^

    @Raah_Castroo
    www.vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Sim, moro em Campos dos Goytacazes. Essa onde a Chevron derramou petróleo no mar.

    ResponderExcluir
  3. Eu acredito em Deus, mas de uma forma diferente do que a maioria das outras pessoas acreditam.

    Também prefiro o inverno, não vejo a hora! Aqui em Santos a cada dia fica pior esse calor, hunf.

    ResponderExcluir